129. Olot mobiliza-se contra a visita do Príncipe de Astúrias

Traduzido de Directe!cat.

Não se resignarão. Em Olot e na Garrotxa estão muito descontentes por um motivo duplo: o Príncipe de Astúrias e futuro rei da Espanha entregará o prêmio Garrotxino do ano e visitará a cidade de Olot em 28 de junho. Assim sendo, a comissão organizadora, Maulets, SEPC (Sindicato de Estudantes dos Países Catalães), ERC (Esquerda Republicana da Catalunha), ApG (Alternativa pela Garrotxa) e Estelada 2014, organizou uma seqüência de atos para o mesmo dia, em sinal de protesto. A casualidade é terem sido enfocados os protesto desde um ponto de vista festivo e com humor: procissão pelas ruas de Olot, concurso de repente sobre a monarquia e os Borbons, leitura do manifesto e um concerto final.

O Príncipe de Astúrias irá a Olot em 28 de junho. Essa visita deve-se ao fato que o Bourbon entregará um prêmio, o de Garrotxino do Ano (não sabemos por qual motivo), fato considerado pelos cidadãos da Garrotxa uma depreciação ao prêmio.
Os garrotxinos estão a mobilizar-se para protestar e pôr-se contra a visita. As organizações Maulets, SEPC, ERC, ApG e Estelada 2014 (Plataforma cívica pela independência dos Países Catalães) apresentaram segunda-feira ao meio-dia em Olot, o manifesto pela República, o cartaz e os atos que promoverão na próxima quinta-feira contra a visita do Príncipe da Espanha à capital da Garrotxa.

Manifesto pela República

Quinta próxima, 28 de junho, visitará a nossa cidade o príncipe da Espanha: Felipe VI de Bourbon.
A sua indicação parece-nos, para início de conversa, uma depreciação para os prêmios de Garrotxino do Ano. Uma pessoa da realeza, que por definição é injusta e machista, e que não demonstrou nenhum tipo de mérito para ser considerada uma autoridade digna de entregar esses galardões.
Em segundo lugar, recordemos que o pai dessa pessoa, Juan Carlos I, foi nomeado Rei da Espanha somente pelo fato que o ditador fascista Francisco Franco assim decidiu e que, por tanto, Felipe de Bourbon não deixa de ser a continuação do que decidiu o ditador.
Em terceiro lugar, não nos agrada que passe pela nossa cidade com ares de superioridade aquele que é descendente de sangue do rei castelhano, justamente agora que fará 300 anos a invasão das terras catalãs, e que, por força das armas, aboliu suas instituições e negou o direito à liberdade como povo, impondo o Decreto de Nova Planta, um decreto, recordemo-nos também, que ainda está vigente. Esse rei castelhano também se chamava Felipe, Felipe V. Em 28 de junho, teremos o prazer de poder ver em pessoa o sexto da série.
Finalmente, queremos animar toda a população garrotxina a participar desta ‘jornada festiva’. Que ninguém que esteja a favor da república e da liberdade fique em casa quinta-feira às oito horas.
Viva a república!
Viva a liberdade!

P. S. tardio: fiz uma pequena confusão (malditas traduções feitas em horas impróprias!): Felipe de Bourbon não recebeu o prêmio, mas sim, foi chamado para entregá-lo. O problema já foi sanado.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s